Paraíso


Escrito por: Gabriel Marçal

abraco-amor-black-and-white-boy-Favim.com-692050

Foram a um lugar onde a dor não mais existia, e as lágrimas eram apenas de alegria.

Tais lágrimas não paravam de cair, como se a tristeza fosse só uma palavra ruim que causava mais lembranças e a felicidade pudesse por um momento ser eterna.

Sim, por um instante a felicidade foi eterna, o mundo era bom, o caos era uma ilusão, o ser humano acalmava-se, o impossível era possível e aliás, o impossível era “desnecessário”… Pois tudo que precisavam, ali, eles possuíam e de nada precisariam provar para ninguém. O amor que morava dentro daquele abraço era puro e forte, tão forte que era palpável sob o ar, naquele pouco espaço entre os seus corpos.

Esse abraço não era só uma demonstração de carinho, mas sim, uma consolidação. Inclusive uma consolidação do esquecimento do externo e o abastecimento do interno. O silêncio sem culpa era o idioma e a energia exalava da luz dos olhos dos dois, cada um olhando por cima do ombro do outro, contemplando uma paisagem diferente, mas sabendo que seguiriam a mesma direção, a jornada do infinito, que morava ali…

 No lugar,

 Onde,

– As Lágrimas eram apenas de Alegria –

E então, esperavam, esperavam pelo momento em que o mundo se tornaria mau outra vez, o caos voltaria a ser real e o ser humano voltaria a se desesperar. Porém, não pense que os dois pensavam nisso, não. A única linha de raciocínio era continuar falando em silêncio, apenas sentir o outro como um só e habitar no único lugar onde era possível ter tudo que se desejasse. O nome desse lugar era paraíso. No céu ou na terra, cristão ou não, era sim, o paraíso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s