Coração De Gelo – Carlos Monteiro


coracao-de-gelo-derretendo-1305915526

Sim, a solidão.

Ah, despejo meus cânticos aos surdos!

Esperando ser ouvido, aqui na sala dos perdidos…

Meus olhos doem em um ato singelo.

Vai e vem em um sofrimento…

E na maré das trovoadas,

Encontro a dor, de morrer assim…

Em desuso, sem uso, sem amor, somente o desgaste

Meu exílio, é meu coração de Gelo.

 

 

Anúncios