Entrevista: Carlos Monteiro e o blog – Momento literário


Olá leitores do blog,

Hoje vamos mostrar a entrevista, que eu dei ao Blog Momento Literário. Espero que gostem!

Entrevista para o Blog – Momento Literário

Oi pessoal, tudo bem?
Eu(lazaro), vim apresentar a nossa nova entrevista, com o autor: Carlos Monteiro( é nosso autor parceiro), que lançou o livro: Mensageiros da Lucidez,  logo mais terá resenha no blog.

 Bom, confira a entrevista, está bem pequena, simples, legal… Comprem o livro do autor, Mensageiros da Lucidez, garanto que será um dinheiro muito bem gasto! 😉

ENTREVISTA:

Mensageiros da Lucidez 4
 
M.L.-Com quantos anos decidiu escrever um livro?
Não há uma idade específica. Eu me recordo que comecei na infância a lutar pelas palavras… Minhas primeiras histórias ficavam armazenadas em minha mente. Eu contava todas elas para meu irmão e um amigo. Era também uma maneira de fugir da nossa realidade pobre. Agora escrever mesmo, iniciei com uns 16 anos, depois que adentrei minha primeira depressão. Logo afirmo, que escrevo para superar minhas dores existências, pois, quando coloco tudo no papel, eu encontro uma primavera de liberdade.
M.L.-Você pretende fazer quantos livros?
Minha saga – Mensageiros da Lucidez, tem uma proposta para sete livros. Além dela tem outros projetos literários… Por mim, escreverei até onde minha sanidade deixar!
M.L.- Você tem um Hobbie? Qual? Ele influenciou no seu livro?
Meu maior Hobbie és analisar o ser humano. Minha grande satisfação vem desta alegoria, buscar nas faces humanas inspirações para as minhas histórias!
M.L.-Na sua adolescência, você costumava à ler livros? Que gênero?
Aprendi a ler com as poesias, os pássaros feridos da minha alma, foi sendo contemplado por estrofes poéticas. As metáforas que ali estavam, norteavam meu ser de uma maneira profunda. Com o tempo, fui buscando outros gêneros.
M.L.-Quanto tempo demorou para escrever seu livro? E para publica-lo?
Escrever os Mensageiros da Lucidez, foi uma oportunidade de auto reconhecimento para meu ser, a cada exploração eu sentia uma liberdade.
Os personagens foram nascendo aos poucos, cada um no seu momento. E quando criaram uma voz, eu dei passada para eles.
Tudo na vida existem dificuldades. Claro que, tive problemas no processo de edição, mas algo resolvido. Eu tenho que agradecer a Editora Dracaena, pela oportunidade de publicar com eles.
 M.L.-Você se inspirou em algum autor? Qual?
Inspiração específica, não. Carrego comigo alguns escritores que onde quer que eu esteja, os mesmos, alimentam minha alma.
Gosto muito do: Nietzsche, Mia couto, Kafka, José Saramago, George Orwell, Goethe, por aí vai…
 M.L.-Sempre teve apoio dos pais?
Eu tive o que realmente precisava…

Espero que tenha aproveitado e gostado da entrevista, e se ainda não viu as outras é só dá uma olhadinha na pasta das entrevistas… Qualquer dúvida pergunte nos comentários,  assim que eu ver lhe darei a resposta rapidamente!

Att, Lazaro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s