Medo


Escrito por: Lucas Alves Airton

Medo+-+Pensando+Alto

É nós ultimamente temos medo de fazer várias coisas, de tentar várias coisas e é por isso que perdemos grandes coisas. Até que ponto podemos ter medo de fazer algo? Até que ponto podemos ter medo amar, de ser feliz e de aproveitar a vida?

Não amamos alguém só pelo fato de amar. Não amamos porque temos medo de errar, de sofrer, medo de nos machucar. Não sabemos se a pessoa irá corresponder o amor que precisamos e se ela realmente nos ama. E por causa desse medo sofremos por não saber se estamos fazendo a coisa certa. Dai vai tudo se tornando aquela “bola de neve”, um fator vai levando a outro.

Sempre esperamos que tudo de certo em nossa vida. Torcemos para que nada nos atrapalhe. Mas vem o medo de que de tudo errado. E lá estamos sofrendo novamente. Então por que fazemos tantos planos se o medo toma conta de tudo? Bom, o certo não se sabe, mas fazemos planos para nos sentirmos bem e felizes, para “nos auto realizarmos”, mas acabamos não sendo felizes por causa do medo do erro, do medo da dor, da decepção e da culpa.

Uma coisa é certa a se dizer é que se deixarmos o medo tomar conta de tudo, nunca faremos nada. Então temos de amar sem medo, pois se o erro acontecer, não será apenas um erro, será uma aprendizagem. Faça planos e busque realiza-los, pois a vitória será benéfica para você. Faça tudo o que mais quis na vida: seja feliz sem medo de ser feliz, pois se um dia você achar alguém que diga ao contrario, não ligue para o que ela falar, pois você tem total poder sobre suas atitudes. Erre sem medo de errar.

Sim, a vida é cheia de surpresas, surpresas as quais você tem que estar disposto a descobrir. Se sempre tiver medo perderá um segundo em que várias coisas boas acontecem. Arrisque-se. Ouse. Conquiste. Tenha força e acima de tudo, busque o que e mais precioso há no mundo: o seu amor próprio, pois quando você se ama algo diferente acontece te traz alegria, paz interior. Então se ame e seja feliz da maneira que o faz feliz.

Anúncios