Crítica: “Mama” – 2013


Resenha Crítica do longa-metragem “Mama”, por Caio Gomez.

tumblr_ml8arrUKkX1rukqyqo1_500

Terror produzido por Guillermo Del Toro cria interessante universo gótico

mas se prende demais a convenções (Omelete).

.

Uma adoção paranormal

Quem foi ao cinema nos últimos dias com certeza se deparou com a titularidade de um longa-metragem que atrai atenções, “Mama”. O filme narra a história de duas crianças órfãs que, desaparecidas durante cinco anos numa floresta, retornam à sociedade misteriosamente. A sobrevivência das duas é atribuída a uma entidade paranormal, que chamam de Mama.

1

A produção segue com artifícios muito comuns em filmes do gênero – a famosa busca para desvendar o mistério e acabar com todo o mal, entre outros – não carregando consigo nenhuma novidade atrativa. Porém, o sentido de “adoção sobrenatural” torna o filme um misto de melancolia com fantasia, uma temática que aos poucos vem sendo deixada de lado pelos cineastas. Atribuir todos os problemas para uma mulher sem responsabilidades – Annabel (Jessica Chastain) – e fazer uso de duas crianças para aumentar a dramática – Victória e Lilly (Megan Charpentier e Isabelle Nélisse) – são os pontos clichês do filme (e até forçados demais).

2Todavia, em relação ao suspense e cenas de susto, tudo fora bem dosado no enredo. A atuação dos personagens também ajuda a superar os furos no roteiro – os espectadores mais assíduos podem se emocionar em algumas cenas – e a temática usada torna-se, em certo ponto, interessante. Mas, por se tratar de um filme de fantasia, utilizar a ciência para explicar os fenômenos sobrenaturais acaba deixando a desejar – pelo menos até metade do filme, quando eles matam o responsável pelas explanações, a temática volta a ter seus mistérios paranormais desafiando as religiões e os paradigmas do homem até o fim do longa.

3

Andrés Muschietti dirige a história com um teor mórbido e melancólico. Apesar de não ser um dos profissionais mais pautados da indústria cinematográfica, podemos considerar “Mama” como um acerto e grande para a filmografia de Andrés. Guillermo del Toro, um dos mais respeitáveis produtores do cinema, assina os termos de produção da obra. “Mama” é a adaptação de um curta-metragem do mesmo diretor, lançado em 2008 e que fez muito sucesso na internet – “Mamá”.

.tumblr_mkbpjgMvoZ1qbvbg2o3_250

Ficha técnica

Local: Espanha / Canadá (2013).

Duração: 100 min.

Roteiro: Neil Cross, Andrés Muschietti, Barbara Muschietti

Direção: Andrés Muschietti

Elenco: Jessica Chastain, Nikolaj Coster-Waldau, Megan Charpentier,

Isabelle Nélisse, Javier Botet, Daniel Kash.

wUmxF6a

Anúncios