Desejo Insaciável


Escrito por: Lucas Alves (Luke)

.
wb

.

Um Desejo Maior que Eu…

.

Bom,

Não arrumei alguém que me pedisse em namoro, e com isso o meu desejo foi aumentando… Tudo aquilo que se passaram, agora ficou maior. O meu desejo por sexo é gigantesco! Muito mais do que eu imaginei, diante disto, logo comecei a procurar por alguém…

Entrei em uma rede social, procurava pessoas para sexo, acabei encontrando uma que me interessou bastante. Um ser diferenciado que morava pouco mais de meia hora de minha residência. Logo puxei conversa.

Só dei um bom dia! Depois ele deu iniciativa, contamos piadas, falamos de escola, faculdade até que chegarmos ao ponto que mais me interessava o sexo. Perguntei se gostava de grupal ou duplas e rapidamente me respondeu;

— Gosto a dois! É melhor, sinto uma pessoa e dou mais atenção, mas também não descarto um sexo grupal…

Fiquei alegre, meu coração batia disparado meu corpo fervia por prazer, senti um tesão tão grande que não me segurei…

— Nossa! Eu prefiro a dois, pois grupal é meio chato para primeira vez, acho que orgias são só para quando a relação não está indo bem…

Falei sem medo, mas falei o que eu achava, logo na espera de um convite.

— Bom, eu também! Se quiser, podemos nos encontrar para experimentar. Quem sabe, não rola mais nada além de um sexo prazeroso!

Logo percebi que teria uma oportunidade de “ouro”, uma chance para me acalmar e logo retruquei…

— Se quiser, posso ir na sua casa, pode ser? Fui direto, querendo que fosse naquela hora mesmo.

Ele respondeu enfaticamente;

— Nem vai dar, pois terei de sair, mas não vou – te esquecer, pois vi suas fotos e você é uma delícia, eu estou imaginado você sem roupa.

Quando li isso, fiquei mais feliz, tive uma sensação tão grande que comecei a me acariciar.

E respondi rapidamente antes que saísse.

— Que rapidez! Tomara que seja bom.

Ele retrucou;

— Eu não sou bom, Eu sou ótimo!

Quando li aquela resposta, tive mais vontades de possuir o sexo.

Depois saímos da net, ele foi para seu compromisso, e eu me fui dormir, claro que sonhando com aquele rapaz, um sonho que parecia realidade um sonho que eu desejaria que nunca acabasse…

No dia seguinte fiz as minhas coisas, comi e logo fui para net, achei ele online e fui cutucar.

— Oi! Como foi sua noite?

Demorou um pouco, me deixando ansioso, mas em seguida respondeu.

— Foi ótima! Sai com os amigos…

Ele disse tudo que tinha feito, e que tinha chegado bem tarde, mas tive uma curiosidade, que acabei perguntando.

— A quanto tempo você esta sem sexo?

Perguntei sem medo, mas lá no fundo tive medo da resposta, mesmo sabendo que não éramos nada, mas eu já sentia ciúmes e já me sentia como seu dono.

— Então, já faz 3 dias que estou sem sexo!

Fiquei triste com a resposta, pois pensei que era mais tempo. Deixei de lado esta informação, e a conversa começou a fluir, mas eu não sabia como reagir, sai da net e fui esfriar a cabeça.

Depois disso, todos os dias ao entrar na net eu não chamava ele, esperava por horas, para aquele sonho sonhado me chamar, ou até mesmo me dar um “OI”. Mas nunca veio! Percebi quem ele não era para mim, não sei como estava gostando dele, mas eu não podia, devido a falta de confiança, não queria ser machucado novamente. Tinha medo de amar outra pessoa, e acabar errando de novo. Não queria simplesmente sexo, apesar de ser instigante esta opção.

Foi através do prazer do gozo, que eu tinha encontrado a perdição e a dor. Sim, amei o sexo, me restando um singelo e abusivo, final de relacionamento. Esta experiência foi – devastaste para meu coração, minha alma, foi brutalmente machucada.

Hoje em dia, necessito algo mais sólido, algo como um orgasmo sem fim… Gostaria de ter alguém, que me enxergasse do jeito que sou, do jeito que ajo, do jeito que eu gostaria que me vissem. Eu quero uma pessoa para me amar, não somente agora, mas respirar comigo todos os momentos aflitos e prazerosos da vida.

.

Anúncios