A maior prisão do mundo


cadeic3a3o

 

Eu tenho que acordar para minha vida! Sim, estou em mais uma fase ruim. Meus conceitos não me servem mais. Dormi muito, deixando qualquer pessoa dominar minha alma, brincado de ciranda cirandinha com a mesma. As noites duravam o instante da ansiedade, meus sonos foram tenebrosos, não sonhava nada. E as imagens que surgiam nestes momentos faziam minha mente enlouquecer, era algo mais ou menos assim:

Baratas dominavam minha casa, inúmeras… Invadiram meu lar, quando menos esperei me prenderam, não tive chances. Elas começaram a controlar todos os meus passos, sendo que, até no banheiro, estavam lá. Piorou quando resolveram – me ensinar suas ideologias baratas. Diziam que chegava a hora, delas mudarem o destino. Sairiam dos esgotos e dos buracos. Ainda bem, que nesta parte eu sempre acordava. Infelizmente não seria o fim daqueles eventos oníricos. Após eu sair da prisão das baratas, eu me dava conta que estava na entrada de uma praia, contemplando um arco-íris negro. Depois disto, eu finalmente abria meus olhos para realidade.

A reflexão a seguir era monstruosa. Nunca controlei a vida, nunca fui um construtor, minhas transformações eram pequenas e de um retardo abusivo. Eu clamava as insatisfações corriqueiras, não sabia viver, peguei a peste negra da crueldade. O pior que eu sentia um nojo por deixar algo tão ruim dentro de mim. Não sentia mais coisa alguma, sentia somente ódio.

Entretanto, ocorreu algo, sim eu o encontrei, um Carteiro! Conhecido como Carteiro das Lamentações. Ele veio em meus apelos e em meu nome. Diante destes acontecimentos, eu pude conhecer a minha alma.

Hoje eu sei que, felizmente tenho condições de escolher um novo jeito de viver. Sou capaz de dominar e mudar minha vida. Não quero mais ser o culpado de minha prisão. Eu já prendi demais minha alma, deixando a mesma na lacuna da perdição. A maior prisão do mundo é a minha falta de delicadeza, em não construir meus caminhos.

Não posso remar contra o rio, não posso mais deixar as lágrimas sujar meus pés. Tenho que viver vivendo, viver a essencialidade da felicidade! Perceber o quanto belo é estar diariamente aproveitando tudo que está ao meu alcance. Quero escutar a canção do meu coração.

Vou gostar mais de mim e, proliferar isso ao mundo. Darei mais sorrisos, darei mais abraços, darei mais amor, terei mais vida! Quero encontrar minha liberdade, e voar muito… Até cair. Somente assim chegarei à imortalidade. Meu amor pela vida foi predestinado pela lua, que com certeza vai – me guiar pelas estrelas da vida.

Neste instante, eu ressurgirei…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s