Uma conversa do Anjo sem Asas com um amigo…


• Anjo sem Asas?

— Sim!

• É verdade que encontrou o Poeta da Alma.

— Sim!

• Como foi? O que ele disse? O que perguntou?

— Sim, eu o encontrei. Só que não tive coragem de me expressar, ou, questionar qualquer coisa…

• O que aconteceu contigo?

— Não sei. Pela primeira vez fiquei imóvel, como se eu não tivesse força para nada.

• Não te entendo Anjo sem Asas… Era tudo que desejava, encontrá-lo?

— Sim, mas não encontrei apenas um homem. Encontrei-me no silêncio, sem o Poeta da Alma dizer qualquer coisa, percebi que sou um vidro quebrado, e meu coração são os cacos…

• Nossa, meu amigo, é triste ouvir isto. Então, e sua alma?

— Como eu quebrei, ela foi embora. Agora além de não ter asas, não tenho alma.

Para saber mais, leia: https://regozijodoamor.wordpress.com/2012/08/09/anjo-sem-asas/

Ouçam também: https://regozijodoamor.wordpress.com/2012/09/14/poesia-anjo-sem-asas/

Anúncios