Simples Borboleta


Minha vida, certo dia mudou,
Aquela borboleta em meu jardim pousou.
Voando ela fazia um soar…
Olhando em meus olhos ela me chamou:

Para criar inúmeros versos,
De um som que penetrou em meu coração.
Fazendo-me sentir uma sensação…
De que vivia imerso!…

Era uma melodia diferente,
Um estado de espírito.
Renasceu novamente,
Aquela borboleta brotou uma semente.

Criando em mim, um novo mundo,
Sou agora um apanhador
Nobre, gentil e sonhador!
Que habitou algo nefasto e profundo…

A alegria simplesmente voltou,
Meu coração apenas gritou!
Como uma simples Borboleta fez isso?
Olhando em meus olhos ela me chamou:

— O néctar que nutra a vida vem dos seios,
E eu represento seu amor.
E para onde você for…
Voarei com o livro da felicidade cheio!…

Carlos Monteiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s