Ego


Outro dia, estava imaginando um mundo vazio e sem amor.

Tive medo… Sabe, ficar só, desaparecer dos corações das pessoas. Tem vezes que penso, em viver sobre uma tênue, entre existência e o desaparecimento.

Gostaria de saber o que sou para as pessoas que me cercam. O que pensam realmente de mim. Sei que, infelizmente o mundo é fadado a usar mascara. Um baile onde ninguém vê verdadeiramente a face alheia.

Será que tudo a minha volta é apenas mentira? Estou sentado no canto, cabisbaixo… Simplesmente vendo indivíduos dançando felizes em rodopios de charme e elegância. Mas será que todos estão felizes de fato?

Eu gargalho quando quero. Choro quando quero. Esbravejo quando quero. Por mim, isso basta! Sou sincero aos meus desejos e me faço sincero. Nunca se sabe, quando alguém mente ou fala a verdade. Não basta somente o olho no olho, porque até isso engana. Rezo para o Criador… Para encontrar alguém que faça as minhas lacunas sumirem.

Um vazio me invade, algo sem vida, incolor, sem corpo, mas envolve meu interior. Não consigo sair da luz, nada me desprende, o que faço agora é esperar e esperar!!! Até que minha salvação venha finalmente ao meu encontro.

Mostro-me forte, mas também sou fraco, pois meu único prazer está ferido, e isto é sinal de que estou vivo, ainda existo.

Toni Le fou

Anúncios