Resposta – Carta de um anônimo


Anônimo,

 

Seu sentimento fez bandeiras serem levantadas!

Na trajetória da minha vida, eu fui um pescador de sonhos alheios. Matei-me! Meus sentimentos ficaram mudos diante do meu fracasso. Quando li suas palavras senti sua agonia, eu vi sua expressão de dor. Assim me notei… E desta forma, eu quero dar um voto para ti. Quando tiveste bravura de escrever, acabou enfrentando algo dentro da sua alma. Não existe nada mais forte, que a vontade de se superar…

Eu tenho algumas convicções, uma dela é… Que nossa vida esta vinculada a riscos. Somente deste modo, poderás ganhar ou perder. E quando ocorrer, tenha certeza que alguma transformação vai acontecer. Diante do que sua alma já passou, algo germinou em sua volta, fé na coragem!

Quando se pronuncia sou um anônimo. Deveria reavaliar algumas coisas… Não pode mais ser um indivíduo que se esconde. Sai do anonimato de sua vida. Quer sair desta sala, onde vives sozinho. Olhe-se no espelho, vejas quem és tu? Não é mais aquele garoto, com certeza vai esmerar no tempo. E falando nele, em que tempos estás? O que houve no passado foi um momento, que jamais fará parte do todo. Você perdeu a essência da infância. Eu perdi minha alma. Sabe o que eu encontrei mais para frente? Você e inúmeras pessoas. O mundo, esta repleta de seres humanos como nós, que perderam alguma coisa. Lutemos juntos…

Eu andei lendo o sentimento das pessoas perante seu ser… Alguns inclusive clamaram palavras maviosas. Uma vida não se ganha sozinho!

Como percebeu eu sou um carteiro. E por isso, recebi um bilhete, endereçado para ti. O recado é o seguinte: Sejas Feliz!

Quem mandou? Deus.

 

Att,

Carteiro das Lamentações

Ler anteriormente, carta de um anônimo: https://regozijodoamor.wordpress.com/2012/09/06/carta-de-um-anonimo/

Anúncios