Resposta – Carta de uma estranha!


Oi,

 

Tudo bem estranha?

Vou ser sincero contigo… Realmente não posso – lhe ajudar! Sim, é isso mesmo que acabou de ler. Sua pessoa tem uma dor, e diante dela, nada que eu lhe disser vai mudar isto. A sequela é muito íntima e profunda. O que posso relatar é sobre o amor. Se quiser saber mais, continue a leitura…

Vocês se conheceram, namoraram, pretenderam trocar aliança, que se resultaria em um conúbio. No dia em questão, o rapaz não compareceu e alegou nada, infelizmente fugiu deste compromisso. Desde então, vives na ponte da amargura, saboreando o vento das suas estocadas agonizantes. Percebo que seu físico, teve que se recuperar, mas sua alma, não! Muito triste o seu relato.

Na minha busca, eu consegui encontrar algumas respostas, e para o amor, eu obtive uma, cujo vou apresentar agora…

Não sei seu ser, mas minha alma identifica um amor através de um olhar, como dizem – a singela química. Eu vejo o amor através dos olhares… Sou favorável a crer em almas gêmeas. Se a sua visão não se ligou com o do seu parceiro de uma forma única, intensa, como se ambos fossem de um plano astral, há alguma coisa errada. Vou ser fatídico em afirmar, aquele “cara” não te merecia, ele não era sua alma gêmea. Deveria seguir sua vida, ele desistiu de ti, e você não esquece um amor que nunca existiu. Pense nisso, sua pessoa se apegou a algo inútil, que és um amor morto. Você nunca vai poder obrigar ele a te amar. Não houve mutualidade e nem respeito. Portanto, faça algo de bom para seu coração, confraternize com ele, expulse esta peste.

Todavia é muito difícil esquecer. Ainda mais, quando tal – indivíduo constrói um sentimento. Ele foi um construtor, e se sentiu no direito de destruir tudo depois. Reconquiste sua vida, torne-se arquiteta de sua ponte (alma). Ninguém mais do que seu ser, pode fazer a mudança plena. Sejas abrangente, atinja esferas espirituais, mentais, ricas e duradouras. Se ame!

E quando estiver no controle novamente, olhe para os lados, pois, tenho mais do que certeza, existe sim um ser humano, pronto para seus braços, mas antes de querer um abraço de um estranho, se abrace de novo. De toda confiança que seu coração necessita. Sobre o estranho que te abandonou, abandone-o também!

O que você quer? Diga? Quer viver com um fantasma? Tudo é temeroso por que deixamos que sejas desta forma. Somente você pode mudar as regras… As suas ações giram em torno de sua cabeça…

Terminando minhas alegorias literárias… Pegue esta derrota, e a transforme em uma coisa boa. Sua expansão depende disso. Somos um ciclo, perder, amadurecer e crescer. Viva e acredite, você pode ser um sábio no coração da vida.

Att,

Carteiro das Lamentações

Ler anteriormente, carta de uma estranha: https://regozijodoamor.wordpress.com/2012/09/04/carta-de-uma-estranha/

Anúncios

3 comentários

  1. Nossa! Amei sua resposta, não há outra alternativa, no entanto ela deve seguir com cabeça erguida, conquistar novos horizontes com mais firmeza, mais convicção, não perdeu, não ganhou, apenas aprendeu a lição da vida, crescer sempre.

    Lívia…

    bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s