Anjo sem asas


Um anjo sem asas,

Perdido dentro de um mausoléu!

Foram injustos com este réu.

Ele só tinha roubado o mapa do céu…

Queria o doce apodrecido,

Para acalentar uma jornada…

De pés descalços e sua face (Do nada)

Vivia com um coração desflorescido!

Almejava a bíblia do amor,

Obsoleta e obscuras és…

O ideal para seu sentimento (Que só conhecia o revés)

Seu peito cheio de vingança,

Por não saber viver…

Caia de joelho, buscando somente a esperança!

Um anjo desejando a liberdade,

Encarando a história de sua alma.

Pronto para voar…

Deixando para trás todo tipo de saudades…!

De uma ardência conheceu a calma.

Pois no final de sua trilha, conheceu uma face. Ah! Enfim, irei amar…

Anúncios